Sonda de Ponto de Orvalho DMP6

A sonda de temperatura e ponto de orvalho DMP6 Vaisala DRYCAP® foi desenvolvida para medição de umidade em linha em aplicações de secagem industrial com temperaturas muito altas e uma ampla faixa de pontos de orvalho. A alta tolerância à temperatura é alcançada com o uso de um conjunto de resfriamento passivo que afasta o calor da sonda e reduz a temperatura até a faixa ideal para o sensor.

A DMP6 incorpora o sensor Vaisala DRYCAP®que é preciso, confiável e estável. O sensor é resistente à condensação e imune à contaminação por partículas, vapor de óleo e à maioria dos produtos químicos. O aquecimento do sensor minimiza o risco de condensação acumulada. Quando o sensor DRYCAP® é molhado, ele seca rapidamente e recupera seu rápido tempo de resposta. Em condições de baixa umidade, o sensor é calibrado automaticamente para garantir uma medição precisa.

A DMP6 faz parte da família Indigo e é compatível com transmissores do Indigo500Indigo200. Ela pode ser usada com o software para PC Vaisala Insight para visualização de dados, configuração fácil da sonda e autocalibração.

Features
Medição em linha para umidade em temperaturas de até +350 °C (+662 °F)
Faixa de medição do ponto de orvalho de -25 … +100 °C (-13 … +212 °F) Td
Precisão da medição de ponto de orvalho de até ±2 °C (±3,6 °F)
A depuração do sensor proporciona resistência química superior
Resiste à condensação, óleos, poeira e à maioria dos produtos químicos
Modbus RTU via RS-485 para conectividade flexível
Compatível com a série de transmissores Indigo
Inclui certificado de calibração rastreável de três pontos
Intervalo de calibração longo (dois anos) para facilitar a manutenção
+ Mostrar mais

Principais benefícios

Medição do ponto de orvalho diretamente em processos muito quentes
A DMP6 foi criada para medição de ponto de orvalho em linha em processos muito quentes, entre 100...350 °C (+662 °F). O melhor desempenho de medição é alcançado em temperaturas entre 100 °C e 350 °C. O sistema de resfriamento não possui peças móveis e não requer energia ou utilitários de resfriamento adicionais. Portanto, não há risco de danos ao sensor devido a falhas de resfriamento mecânico.

A instalação é simples, pois a sonda pode ser colocada diretamente no processo. Com a medição em linha, não há necessidade de um sistema de amostragem ou aquecimento da linha de amostragem.
Sensor Vaisala DRYCAP® para medições precisas e confiáveis
O sensor Vaisala DRYCAP® é preciso, confiável e estável. Ele é resistente à condensação e imune à contaminação por partículas, vapor de óleo e à maioria dos produtos químicos. O aquecimento do sensor minimiza o risco de condensação acumulada. Se o sensor DRYCAP® se molhar, ele secará rapidamente e se recuperará da umidade. Devido à funcionalidade exclusiva de calibração automática, uma medição precisa e estável é garantida.

A purga química envolve aquecimento periódico do sensor para remover produtos químicos nocivos. Em ambientes com altas concentrações de substâncias químicas e agentes de limpeza, ela ajuda a manter a precisão da medição entre os intervalos de calibração.
Uso autônomo ou com um transmissor Indigo
A DMP6 faz parte da família Vaisala Indigo, por isso também pode ser usada com os transmissores Vaisala Indigo200. Os transmissores oferecem vários benefícios adicionais, como um monitor para visualização de dados, fácil acesso à configuração da sonda e opções mais abrangentes para conectividade do sistema de automação, tensão de alimentação e fiação.

Com a saída Modbus RTU via RS-485 integrada, a DMP6 pode ser usada como dispositivo autônomo. Além disso, ela pode ser facilmente integrada a sistemas de terceiros.​

É possível usar a DMP6 de maneira autônoma ou com um transmissor Indigo e conectá-la ao software para PC Vaisala Insight para facilitar a calibração de campo, a configuração da sonda e a análise do dispositivo.​

Histórias do Cliente