blog

O comissionamento fácil e prático do monitor de DGA finalmente é uma realidade

Sangria de ar Optimus DGA Monitor
Riku Rantala
Product Engineer
Published: Oct 2, 2019

Na Vaisala, além de fornecer equipamentos de medição de excelência para monitoramento do óleo do transformador, também queremos garantir aos nossos clientes a possibilidade de tirar o máximo proveito de seus equipamentos de monitoramento e ajudar a aliviar a pressão de mantê-los ativos e funcionando.

Bolhas de ar no óleo isolante do transformador podem causar problemas sérios, como descargas elétricas ou acionamento do relé Buchholz, além da interrupção de todo o transformador. Portanto, ao instalar e comissionar equipamentos de medição em um transformador, é importante tomar cuidado para que bolhas de ar não sejam introduzidas no sistema.

O Optimus™ DGA Monitor OPT100 da Vaisala   tem vários recursos exclusivos que fornecem benefícios claros nesse sentido. Veja a seguir três perguntas frequentes – em caso de dúvida, entre em contato e teremos prazer em ajudá-lo.

Eu preciso de uma bomba de vácuo separada?

Quando conversamos com nossos clientes sobre a instalação do OPT100, eles costumam perguntar se é necessária uma bomba de vácuo separada. As pessoas costumam se surpreender quando explicamos que não: "Não há perigo de bolhas de ar penetrarem no óleo do transformador quando as válvulas são abertas e as tubulações estão cheias de ar?"

A resposta é não. O Vaisala OPT100 está equipado com uma poderosa bomba de vácuo integrada que cria pressão suficiente para separar o gás do óleo como parte de seu ciclo de medição. A bomba também desempenha um papel significativo ao comissionar a unidade.

Combinada com a pressão hidrostática do transformador, a bomba remove o ar através da válvula de liberação e enche o sistema de óleo (conforme ilustrado na imagem). Usando vários sensores, o OPT100 garante que o tanque de óleo do transformador esteja sempre a uma pressão mais elevada do que os instrumentos no final da tubulação. Forçado pelas leis da física, o ar e o óleo se afastam do tanque do transformador, em vez de fluir em sua direção.

Eu preciso de assistência especializada para sangrar o OPT100?

Novamente, a resposta é não. O processo de sangria é extremamente fácil de usar e totalmente automatizado – nós o projetamos para que possa ser feito por qualquer pessoa, sem necessidade de ferramentas ou treinamento específicos. Para começar, basta clicar em um botão na interface do usuário via Web, remover o plugue de sangria e abrir as válvulas quando solicitado. O sistema garantirá automaticamente que todos os tubos e cavidades sejam preenchidos com óleo e o ar seja removido antes de ir para a próxima etapa. O OPT100 usa detectores de nível avançado, controlando automaticamente a bomba e as válvulas para interromper a entrada de óleo quando o nível do líquido estiver correto – o que significa que nem uma única gota de óleo sairá da válvula de liberação. Os recursos de segurança do OPT100 incluem autodiagnóstico abrangente, para que o sistema o informe automaticamente caso você esqueça de executar uma ação necessária ou se algo precisar de atenção.

Comparado às instalações de DGA tradicionais, a economia de tempo e custo é notável. Você não precisa agendar a instalação com base na disponibilidade de um especialista e não há necessidade de investir em equipamentos específicos. Depois de iniciar o comissionamento na interface do usuário, a medição on-line geralmente começa em uma hora. Depois disso, você pode relaxar enquanto o Optimus™ DGA Monitor cuida de seu monitoramento on-line.

É fácil instalar um instrumento de monitoramento on-line em um transformador de potência?

Com o OPT100, a resposta é muito fácil. O instrumento foi projetado para tornar a instalação rápida e supersimples – basta conectar as linhas de óleo, alimentação, dados, e pronto!
Assista a esta instalação real em um transformador de potência ao vivo e comprove.

Leia mais sobre o  Optimus DGA Monitor OPT100

Assista ao vídeo: Monitoramento livre de manutenção com o Optimus DGA Monitor OPT100 da Vaisala

 

 

 

Add new comment