Condições climáticas em constante mudança podem tornar a medição da umidade externa um desafio, portanto, selecionar o sensor certo é essencial para o desempenho do sistema HVAC de um edifício que, geralmente, depende de medições de umidade relativa externa ou de parâmetros calculados baseados em umidade para otimizar a eficiência energética do equipamento de resfriamento. Se o sensor de umidade externa for impreciso, os controles prediais, a eficiência de energia e o conforto humano são sub-otimizados. A seleção de sensores é muitas vezes ignorada, mas é uma decisão crítica que os proprietários de edifícios devem enfrentar periodicamente ao longo da vida útil de uma estrutura predial.

Resfriamento gratuito

Quando a temperatura do ar externo é suficientemente fria e seca, um economizador de ar com temperatura controlada pode usar o ar externo sem nenhum condicionamento adicional para resfriar o prédio. Isso é conhecido como resfriamento autônomo. Um economizador consiste nos seguintes componentes: abafadores de ar externos e de retorno, atuadores abafadores, sensor de entalpia do ar externo (temperatura e umidade) ou sensor de bulbo seco (somente temperatura), sensor de temperatura do ar de descarga e controlador economizador. Alguns economizadores controlam a entalpia utilizando ar externo quando seu nível de entalpia é menor do que o do ar em ambientes internos. No entanto, o ar externo com baixa temperatura ou baixo nível de entalpia ainda pode carregar uma alta carga de umidade. Uma solução melhor é usar o ar externo somente com uma temperatura de ponto de orvalho mais baixa do que o nível de ponto de orvalho interno desejado para evitar que a umidade se acumule no edifício.

Com economizadores próximos da água, o resfriamento autônomo é obtido quando o líquido de operação (água resfriada) ultrapassa o resfriador e é resfriado diretamente pelas torres de refrigeração. As torres de refrigeração usam a evaporação de água para remover o calor do processo e resfriar o fluido de operação próximo da temperatura do bulbo úmido. Normalmente, tanto o fluido de operação como o fluido evaporado são água. Uma leitura de temperatura de bulbo úmido externa é necessária para determinar a eficiência de uma torre de resfriamento e iniciar o ciclo de resfriamento autônomo. Essa prática é adequada para climas mais frios e secos, onde a temperatura do bulbo úmido do ar é significativamente menor do que a temperatura do bulbo seco.

Usando um economizador de ar ou um próximo da água, os gerentes da instalação devem confiar em seus sensores externos para fornecer informações precisas. O desvio e a instabilidade do sensor podem ser prejudiciais, especialmente para instalações de alto consumo de energia, como os centros de dados. Um transmissor de umidade externo de alta qualidade com tolerância rígida é necessário para o cálculo de outros parâmetros, como ponto de orvalho, entalpia e bulbo úmido. Um sensor externo confiável irá se recuperar de condições saturadas, e alguns sensores até têm ciclos de aquecimento embutidos para evitar a saturação.

Portfólio de transmissores externos

Os transmissores de umidade externos da Vaisala incorporam essa tecnologia de detecção, resultando em precisão e estabilidade mesmo sob condições externas extremamente adversas. Os sensores Vaisala HUMICAP® se recuperam totalmente da saturação. O aquecimento opcional para evitar a condensação também está disponível para condições de alta umidade. O portfólio de transmissores externos da Vaisala inclui produtos para medir vários parâmetros de umidade (umidade relativa, ponto de orvalho, bulbo úmido, entalpia, proporção de mistura), temperatura, vento, precipitação, dióxido de carbono e pressão barométrica. Os transmissores vêm com amplas faixas de temperatura de operação adequadas para a maioria dos climas, opções de instalação flexíveis e escudos solares e contra radiação para proteção contra os elementos.
 

Assista ao nosso webinar Outdoor Humidity Measurement in HVAC applications.

Produtos relacionados

Transmissor de umidade e temperatura da série HMS80

Um sensor de umidade ao ar livre básico confiável para uma instalação de poste ou parede. Saídas de ponto de orvalho, bulbo úmido e entalpiapodem ser selecionadas por interruptor DIP em vez da saída UR padrão.

Histórias relacionadas